Vênus das Águas

Peguei um copo d’água, você sabe bem o poder deste líquido, a capacidade de suas moléculas se modificarem com nossas palavras e depois nos entregar justo o que proferimos para elas? Segurei o copo na frente do meu rosto, repeti várias vezes, Vênus, Vênus, Vênus… e tomei vários goles da água. A língua, dentro da boca, entumeceu; a gengiva, os dentes, a mucosa da bochecha vibraram, aquecidas, agora dariam poder ao sorriso, e as palavras ditas por mim seriam a mais pura sedução. Juro, Hay, é verdade, você nunca evocou Vênus pela água? Não sabe a força desse milagre. 

Vermelho Infinito Ato 2


Um comentário sobre “Vênus das Águas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s