Vigor Fálico

WhatsApp Image 2019-03-30 at 11.52.32
“O vigor fálico se apresenta, e eu me emaranho de face inteira nas reentrâncias laterais do seu pau. Pressiono os lábios contra os apêndices arredondados do seu sexo, as bolas, e com força chupo-as quase até as vísceras. Escuta-se um urro longo, urro de quem compreendeu a vida, mesmo sem a nítida ideia da dimensão de tal revelação, afinal ele está mergulhado na tensão de nossos vícios. Entregou-se por inteiro e vejo as narinas de Jorge se dilatarem, os lábios afastados tremerem, as veias aparecem saltitantes no pescoço. Deito a cabeça no seu abdome e, diante da cabeça do pau, enrodilho a língua pelo cume. Uma, duas, três vezes a molhar com minha saliva, a umedecer, e percebo assim toda a inervação, a textura, as rugosidades e o degrau entre o extremo da anatomia e o comprimento da estrutura.” 

Vermelho Infinito  (em delírios e espasmos)

Volume.1

Carla Cunha

 


2 comentários sobre “Vigor Fálico

  1. Uau! Que texto maravilhoso 😈😈😈😈😈 incrível como escreve bem! Carla Cunha quando puder me chame no zap! Parabéns pelo trabalho…

    Curtir

  2. A imagem e o texto são provocações eróticas que seduzem a imaginação e excita. O seu blog faz o pau saltitar dentro da cueca, procurando um delicioso e carinhoso lugar pra se esconder. Parabéns

    Curtir

Deixe uma resposta para Claudio Silva (Alcateia7) Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s